Keep us connected
Argentina Santos – Amar Não É Pecado

Lisbon, 18 Nov 2019 (Lusa) – Fado singer Argentina Santos died today in Lisbon at the age of 95, Paulo Valentim, the current owner of the fado house A Parreirinha de Alfama, told Lusa.

The fado singer was in charge of the fado house from 1950 until the beginning of this century, having become “a gastronomic reference and traditional fado, where some of the best voices such as Celeste Rodrigues, Lina Maria Alves, Lucília do Carmo, António Mourão, Maria da Fé, among others”, said Paulo Valentim.

Argentina Santos – Fado Menor

Argentina Santos, who popularized fados such as “A Minha Pronúncia” and “Chico da Mouraria” and “Chafariz d’el Rei”, was currently living in the Casa do Artista in Lisbon.

The career of Argentina Santos and the history of Parreirinha, which began as a tavern where fado happened, are confused.



In 2010, Museu do Fado wrote that, by confining most of its journey to Parreirinha de Alfama, Argentina Santos “also made of its house an authentic workshop of fados, scenery of affections and stage of the creative complicity of poets, musicians and fado singers”.

Argentina Santos – Duas Santas

Among others, the voices of Berta Cardoso, Alfredo Marceneiro, Fernanda Maria, Mariana Silva, Natércia da Conceição, Natalina Bizarro, Helena Tavares, Leonor Santos, Beatriz da Conceição, Flora Pereira and Júlio Peres passed through Parreirinha de Alfama.

In 2003, at the 52nd Grande Noite de Fado, Parreirinha de Alfama received the Casa de Fado Award from Casa de Imprensa.

Other Feel Portugal articles

Referring to the creator of “Chico da Mouraria”, the Fado Museum states: “Its fado has the strength of a proclamation and the containment of a prayer. They combine human and artistic authenticity in perfect symbiosis. Fearless, the fado of Argentina Santos knows no subterfuge or compromise. It only needs to be authentic”.

Argentina Santos was part of the cast of the show “Cabelo Branco é Saudade”, written by Ricardo Pais.

Artigo em Português

Fadista Argentina Santos morreu aos 95 anos

Lisboa, 18 nov 2019 (Lusa) – A fadista Argentina Santos morreu hoje em Lisboa, aos 95 anos, disse à Lusa o músico Paulo Valentim, atual proprietário da casa de fados A Parreirinha de Alfama.



A fadista esteve à frente da casa de fados desde 1950 até princípios deste século, tendo-se tornado “uma referência gastronómica e do fado tradicional, por onde passaram algumas das melhores vozes como Celeste Rodrigues, Lina Maria Alves, Lucília do Carmo, António Mourão, Maria da Fé, entre outros ”, disse Paulo Valentim.



Argentina Santos – Amar Não É Pecado

Argentina Santos, que popularizou fados como “A Minha Pronúncia” e “Chico da Mouraria” e “Chafariz d’el Rei”, encontrava-se atualmente a residir na Casa do Artista em Lisboa.

A carreira de Argentina Santos e a história da Parreirinha, que começou por ser uma taberna onde acontecia fado, confundem-se.

Em 2010, Museu do Fado escreveu que, ao confinar grande parte do seu percurso à Parreirinha de Alfama, Argentina Santos “fez também da sua casa uma autêntica oficina de fados, cenário de afetos e palco da cumplicidade criativa de poetas, músicos e fadistas”.

Argentina Santos – Vida Vivida

Entre outros, pela Parreirinha de Alfama passaram as vozes de Berta Cardoso, Alfredo Marceneiro, Fernanda Maria, Mariana Silva, Natércia da Conceição, Natalina Bizarro, Helena Tavares, Leonor Santos, Beatriz da Conceição, Flora Pereira e Júlio Peres.

Em 2003, na 52.ª Grande Noite de Fado, a Parreirinha de Alfama recebeu o Prémio Casa de Fado da Casa de Imprensa.



Referindo-se à criadora de “Chico da Mouraria”, o Museu do Fado assevera: “o seu fado tem a força de um pregão e a contenção de uma prece. Neles se combinam autenticidade humana e artística em perfeita simbiose. Destemido, o fado de Argentina Santos não conhece subterfúgios ou cedências. Basta-lhe ser autêntico”.

Argentina Santos – Duas Santas

Argentina Santos cantou além fronteiras, nomeadamente no Festival de Edimburgo, Londres, Paris, Madrid, e em várias cidades de Itália, tendo sido homenageada com uma Academia De Fado oatwntewndo o seu nome em Ascona.

Outros artigos no Feel Portugal

Argentina Santos fez parte do elenco do espetáculo “Cabelo Branco é Saudade”, de autoria de Ricardo Pais.

NL // FST

Lusa/Fim



Share.

About Author

Leave a Reply