Keep us connected
Tony Cabral at Massachusetts State House (Photo: FeelPortugal.com/Feligenio Medeiros)

Boston, United States, 12 Aug 2019 (Lusa) – Azorean State Representative of Massachusetts House of Representatives, Antonio Cabral, says he is “American in every way,” but with “extremely important” ties to the Portuguese immigrant community in the United States.

António Cabral was born in the Azores and moved with his family to the United States in his teens, 50 years ago. In 1990 he was first elected as State Representative of the City of New Bedford at the Massachusetts Legislative Assembly in Boston and is now serving his 10th term as a Member.

For the Massachusetts Representative, the Portuguese and Portuguese descendant community in America “is extremely important” because, besides being of the same origin, it is a “support block” for the elections.
Antonio Cabral has been active in community and politics since his student days at the University of Massachusetts-Dartmouth.

Cabral started his career as a Portuguese, Spanish and English language teacher.



In 1990 he ran to be New Bedford’s Representative in the Massachusetts House of Representatives because he wanted to have a more significant impact on the community.

The mayoral election race was a “good experience,” which earned him “immense support from the wider community.”

Over the decades, he addressed various important social issues, from health, education, and economic development.

Among the work he stands out and prides himself on is a 2002 law that forced members of the Massachusetts clergy to report child sexual abuse.

The law was passed by the Boston legislature shortly after the Boston Globe reports about the Catholic priests’ sexual abuse scandal, an investigation portrayed in the 2015 Oscar-winning film Spotlight.

“Today, in Massachusetts, it has been a law for many years, and I was the one who initiated this proposal.”

said Cabral

The State Representative says that he was invited to chair the plenary session for approval of the law in the House of Representatives on April 25, 2002, and as such, it has his signature on that law.

Other Feel Portugal articles

“As it was my initiative, the “speaker” of the House of Representatives at the time, gave me an opportunity at the end of the debate so that I could sign this bill.”

recalls Cabral

In the past, Cabral also defended immigrant rights when US policies were tense, ensuring equality and living conditions, not only for the Portuguese but for all legal immigrants.



Tony Cabral at Heritage Day of Portugal 2017 – Massachusetts State House
  • Another of the “most striking” laws Cabral put forward was in defense of East Timor during the Indonesian occupation. It served to hinder investment in Indonesian-related businesses, which created pressure on US policy and Bill Clinton’s administration.

“American in every way,” but with great connections to his Portuguese origin, António Cabral is in office 466 of the Massachusetts State House, with staff from diverse backgrounds, including Portuguese speakers.


Ver artigo em Português

ENTREVISTA: Deputado nos EUA há 30 anos, António Cabral ainda conta com apoio dos emigrantes

Boston, Estados Unidos, 12 ago 2019 (Lusa) – O deputado açoriano da Câmara dos Representantes de Massachusetts, António Cabral, diz-se “americano em todos os sentidos”, mas com laços “extremamente importantes” à comunidade portuguesa imigrante nos Estados Unidos.

António Cabral nasceu nos Açores e mudou-se com a família para os Estados Unidos nos tempos da adolescência, há 50 anos. Em 1990 foi eleito pela primeira vez como representante da cidade de New Bedford na Assembleia Legislativa de Massachusetts em Boston e cumpre agora o 10.º mandato como deputado.

Para o deputado de Massachusetts, a comunidade portuguesa e de lusodescendentes na América “é extremamente importante”, porque, além de ser da mesma origem, constitui um “bloco de apoio” para as eleições.

António Cabral era ativo na comunidade e na política desde os tempos de estudante na Universidade de Massachusetts-Dartmouth.



Depois de começar a carreira de professor de língua portuguesa, espanhola e inglesa, concorreu em 1990 para ser representante de New Bedford na Câmara dos Representantes do Estado de Massachusetts porque queria ter um impacto maior na comunidade.

Deputado há quase 30 anos, António Cabral reflete que teve oportunidade de ter um impacto “geral, mais global e universal” em termos de ensino ou educação, “uma das paixões” do político.

No ano 2011, concorreu para ser ‘mayor’ de New Bedford e ganhou nas eleições primárias, em que os partidos elegem os seus candidatos. Cabral, do partido democrata, perdeu contra o candidato republicano Jonathan Mitchell, que ainda se mantém no cargo.

Na corrida eleitoral para ‘mayor’ ficou como uma “boa experiência”, que lhe valeu “imenso apoio da comunidade em geral”.

Ao longo das décadas, debruçou-se sobre vários temas importantes da sociedade, desde a saúde, educação ou desenvolvimento económico.

Entre os trabalhos que destaca e dos que mais se orgulha é uma lei de 2002 que passou a obrigar os membros do clero do estado de Massachusetts a denunciar abusos sexuais de menores.

A lei foi aprovada pela assembleia legislativa de Boston pouco depois do início das grandes reportagens do jornal The Boston Globe sobre o escândalo dos abusos sexuais de crianças por padres católicos, investigação que foi retratada no filme “Spotlight” de 2015, vencedor de dois Óscares.

“Hoje, no estado de Massachusetts já é lei há muitos anos e fui eu que iniciei essa proposta”.

disse Cabral

O deputado conta que foi convidado a presidir a sessão de plenário para aprovação da lei na Câmara dos Representantes, no dia 25 de abril de 2002 e como tal, tem a sua assinatura nessa lei.

Other Feel Portugal articles

“Como tinha sido uma iniciativa minha, na altura o ‘speaker’ (presidente da Casa dos Representantes) deu-me oportunidade no final do debate para que eu pudesse assinar essa proposta de lei”, recorda o político.

No passado, Cabral também defendeu os direitos dos imigrantes quando as políticas nos EUA estavam tensas, garantindo igualdade e condições de vida, não só para os portugueses como para todos os imigrantes legais.



Tony Cabral at Heritage Day of Portugal 2017 – Massachusetts State House

Outra das leis “mais marcantes” que apresentou foi em defesa de Timor-Leste durante a ocupação indonésia, para dificultar o investimento em negócios ligados à Indonésia, que serviu para criar pressão na política norte-americana e na administração de Bill Clinton.

“Americano em todos os sentidos”, mas com grandes ligações à origem portuguesa, António Cabral está no gabinete 466 da Massachusetts State House, com funcionários de diversas origens, incluindo falantes de português.

EYL // VM
Lusa/Fim



Share.

About Author

Leave a Reply